Feup
 


Edição 2006/08:

Informações
Condições de Acesso
Candidaturas, Calendário e Resultados (1ª fase)
Horário
Plano de Estudos
Conteúdos das Disciplinas
Planos de Estudos Individuais
Regulamento
Informação Institucional
 
webmaster
 

Mestrado em Engenharia Informática
Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto

ukplease

Edições 2007/08 e 2008/09: O Mestrado em Engenharia Informática (MEI) deixou de aceitar novos candidatos a partir do ano lectivo 2007/08 inclusivé, tendo sido substituído pelo MIEIC (Mestrado Integrado em Engenharia Informática e Computação).  No entanto funcionará ainda nos anos lectivos de 2007/08 (parte escolar e elaboração de Dissertação) e de 2008/09 (apenas elaboração de Dissertação), para os alunos inscritos que pretendam completá-lo. Nas épocas de candidatura adequadas, qualquer aluno que ainda não tenha completado o MEI poderá candidatar-se ao 2º ciclo do MIEIC, sendo sempre tidas em conta as disciplinas a que já obteve aprovação.

O objectivo do Mestrado em Engenharia Informática da FEUP é promover a excelência da qualificação em aspectos avançados e nucleares da engenharia informática, incluindo os seus fundamentos teóricos, a especificação, projecto, representação, distribuição e exploração de sistemas informáticos e a integração das tecnologias informáticas nos ambientes organizacionais.

As disciplinas oferecidas são articuladas de forma a permitir compor competências de saída de grande actualidade:

  • Especialista em engenharia de software
  • Especialista em sistemas de informação
  • Especialista em sistemas e aplicações distribuídos baseados nas tecnologias da Internet e Web
  • Especialista em sistemas inteligentes de apoio à decisão e ao negócio electrónico
  • Especialista em processamento de linguagens e seu uso na representação e pesquisa de informação
  • Especialista em sistemas, tecnologias e serviços multimédia
A existência destas áreas de competência à saída, que podem ser atingidas pela selecção das disciplinas adequadas, não exclui a possibilidade de os alunos escolherem percursos próprios e adaptados aos seus objectivos pessoais e profissionais.