homepage Recordar é Viver Conheça a história da primeira engenheira portuguesa

Conheça a história da primeira engenheira portuguesa

A Unidade de Gestão de Informação da Universidade Digital anunciou uma interessante descoberta: a primeira engenheira portuguesa formou-se na Academia Politécnica do Porto, antecessora da Universidade do Porto. Rita de Moraes Sarmento (1872 - 1931) ingressou com 15 anos (em 1887) no 1º ano do curso de Engenheiros Civis de Obras Públicas.

 

Durante os primeiros quatro anos de curso, Rita foi a única presença feminina na Academia Politécnica do Porto. Apenas no 5.º ano teve uma colega, voltando a ser, no ano letivo seguinte, a única mulher entre os finalistas (apenas dois) Victor Machado e Luís Couto dos Santos.

 

Ao terminar o curso recebeu um diploma que permitia exercer a profissão de engenheira civil de obras públicas, o que nunca chegou a acontecer, uma vez que Rita optou por se casar, em 1898, com António dos Santos Lucas, Tenente de Engenharia e Doutor em Matemática pela Universidade de Coimbra. Em 1900, fixou residência em Lisboa, onde faleceu a 28 de março de 1931.

 

Era a mais nova de quatro filhas, sendo que as irmãs mais velhas também frequentaram o ensino superior, na Escola Médico-Cirúrgica. Os pais, Rita de Cássia de Oliveira Moraes e Anselmo Evaristo de Moraes Sarmento, recebiam com frequência visitas de políticos e intelectuais da época como Teófilo Braga (padrinho da terceira filha), Oliveira Martins, Ramalho Ortigão, Camilo de Oliveira e Antero de Quental. O pai de Rita era jornalista, publicista e defensor dos ideais do Liberalismo. Era proprietário da Tipografia "Imprensa Portuguesa", tendo sido fundador de diversos periódicos, entre os quais a "Gazeta Literária do Porto".

 

A história de Rita de Moraes Sarmento emergiu de uma pesquisa da Universidade Digital, que alargou a investigação sobre antigos estudantes ilustres, dedicando-se também aos estudantes graduados pelas escolas de ensino superior que antecederam a Universidade do Porto. A pesquisa apontou também que Virgínia Moura foi a segunda engenheira formada no Porto e a primeira licenciada pela Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto.

20/07/2011

Newsletter ADN

Subscrever

Sabia que...

A FEUP desenvolveu o primeiro carro elétrico de competição e...
A FEUP é a escola portuguesa com mais alumni no CERN
Registámos 2000 notícias na Imprensa em 2011
A FEUP regista 91% de empregabilidade
O VOIP da FEUP é usado pela Casa da Música e pela UNICER
A FEUP é a maior faculdade da Universidade do Porto
A primeira mulher engenheira em Portugal formou-se na FEUP
A super-bock sem álcool é um produto FEUP
Abril/Maio
D S T Q Q S S
01 02 03 04 05 06
07 08 09 10 11 12 13
14 15 16 17 18 19 20
21 22 23 24 25 26 27
28 29 30

Para saber mais sobre tudo o que acontece na FEUP vá a www.fe.up.pt

Visite-nos nas redes sociais

FacebookLinkedinYoutube