Filatelia

Classe: Aves

2. O coleccionismo das Aves (2ª parte)

A consagração de algumas espécies como símbolos constitui uma possibilidade de desenvolvimento temático interessante de explorar.

Realmente, muitas são as peças que reproduzem a pomba ...

 

... como símbolo do correio, ...

 

 

 

... como símbolo da paz e da liberdade, ...

 

... da veneração religiosa ...

(reduzido a metade do tamanho real)

 

... ou da amizade entre povos.

 

Também a águia, símbolo da força e do poder, é muito representada na Filatelia, ...

... através de motivos heráldicos ...

(reduzido a metade do tamanho real)

 

... e mesmo de emblemas desportivos.

Menos comuns, mas não menos interessantes, são os exemplos ...

 

... da ave mitológica fénix como símbolo dos bombeiros, ...

 

... do pelicano como símbolo da previdência, ...

 

... da coruja como símbolo da sabedoria, do açor e do quetzal, aves-emblema dos Açores e da Guatemala, respectivamente, ...

Coruja

Açor

Quetzal

 

... ou das aves migradoras como símbolo dos refugiados.

Gaivina-árctica (Sterna paradisaea)

(reduzido a metade do tamanho real)

As múltiplas formas como as aves nidificam sugerem uma linha de desenvolvimento temático que já tem sido explorada com maior ou menor profundidade.

Tecelão-africano-mascarado

(Ploceus velatus)

Papa-moscas-do-paraíso-africano

(Terpsiphone viridis)

Cegonha-de-bico-amarelo

(Mycteria ibis)

Coruja-das-torres

(Tyto alba)

Abutre-do-Cabo

(Gyps coprotheres)

Águia-de-cauda-vermelha

(Buteo rufofuscus)

As migrações das aves, com os seus mistérios por desvendar e as suas realidades surpreendentes, fornecem também um tema muito motivador.

Estorninho-violeta

(Cinnyricinclus leucogaster)

Abelharuco-europeu

(Merops apiaster)

Cegonha-de-Abdim

(Ciconia abdimii)

Águia-raptora

(Aquila rapax)

De todas as formas de encarar esta temática, a mais explorada, mas não a menos difícil, é a que se subordina à classificação sistemática da classe zoológica das aves.

A primeira dificuldade decorre do facto de a própria classificação constituir matéria controversa, uma vez que resulta simplesmente do esforço científico para estudar e compreender a evolução das espécies. Daí as diferentes opiniões sobre a classificação de algumas delas, a frequente reclassificação de outras, etc.

Assim, segundo alguns autores, os mergulhões são incluídos com as mobelhas na ordem dos Gaviiformes ...

Mergulhão-de-crista

(Podiceps cristatus)

... e, segundo outros, integram uma ordem própria, a dos Podicipediformes.

São numerosas as aves que são designadas diferentemente pelos taxonomistas, como por exemplo:

Pica-pau-malhado-grande

(Dryobates ou Picoides
major pinetorum)

Calau-de-bico-amarelo

(Lophoceros elegans ou Tockus
flavirostris elegans)


Viúva-de-Bocage

(Urobrachya bocagei ou
Coliuspasser bocagei ou ainda
Euplectes axillaris bocagei)

A omissão do nome científico dificulta, por vezes, a correcta classificação das espécies. Todavia, como todas as aves têm nome oficial em língua inglesa, quando o selo exibe esse nome, a sua identificação simplifica-se:

Abibe-curunculado

(Vanellus senegallus)

Pato-de-bico-vermelho

(Anas erithorhyncha)

Pintada-coroada

(Numida meleagris)

Noutros casos, a omissão de qualquer nome ou a indicação de um nome muito genérico só permite a identificação recorrendo a opiniões especializadas:

Pombo-da-planície

(Columba inornata)

Gaivota-argêntea

(Lanus argentatus)

Tangará-de-colar-mascarado

(Ramphocelus nigrogularis)

Perturbadores são também os casos de nomes mal escritos ...


(Turacus persea em vez de
Tauraco corythaix persa)

(Linius schach
em vez de
Lanius schach)

... ou de nomes comuns e nomes científicos não correspondentes, como é exemplo o seguinte selo de Kiribati (antigas Ilhas Gilbert):


uma vez que o nome científico da Pardela-de-colar, nome que figura no selo, é Pterodroma brevipes, enquanto o nome Pterodroma leucoptera corresponde à Pardela-de-asas-brancas, que não parece ser a ave representada.

Conseguir uma colecção que dê uma imagem uniforme e equilibrada dos vários grupos zoológicos é frequentemente impossível.

Realmente, enquanto algumas espécies estão abundantemente representadas na filatelia, ...



Guarda-rios-comum

(Alcedo atthis)


... de outras, tão populares como o canário, por exemplo, é muito difícil ou de todo impossível, pelo menos para já, conseguir qualquer exemplar.

Nas últimas décadas, com a gradualmente maior atenção que se vem dando à protecção da Natureza ...


... e, particularmente, à preservação de espécies em perigo de extinção, o coleccionador das Aves tem beneficiado de algumas peças até agora raras do ponto de vista temático, como é o caso de emissões dedicadas a espécies já desaparecidas ...

Dodó-das-Maurícias

(Raphus cucullatus)

Arara-de-Cuba

(Ara tricolor)

... e de emissões inspiradas pelos esforços desenvolvidos para salvar as existentes:

Ninhos para as águias-pesqueiras

Águia-pesqueira

(Pandion haliaetus)

Alimento no inverno para
as águias-pesqueiras


Pigargo-comum

(Haliaeetus albicilla)

Comedouros para as corujas

Mocho-galego

(Athene noctua)

Alimentos para os mochos

Bufo-real

(Bubo bubo)

Uma contrariedade menor mas real é levantada pela inserção na colecção de peças que, reproduzindo várias espécies diferentes de aves, não permitem a sua localização nos pontos mais adequados do desenvolvimento temático:

Marreco-de-asas-azuis

(Anas discors)

ANSERIFORMES

Pato-trombeteiro

(Anas clypeata)

ANSERIFORMES

Pato-dos-bosques

(Aix sponsa)

ANSERIFORMES

Goraz

(Nycticorax nycticorax)

CICONIIFORMES

Papa-indigo

(Passerina cyanea)

PASSERIFORMES


Pelo que foi dito, e apesar de bastante explorado, é ainda uma tarefa aliciante ordenar uma temática de Aves pela classificação sistemática da Zoologia.

 

Todas as imagens desta secção reproduzem peças filatélicas minhas e foram digitalizadas por mim. Todos os direitos de utilização destas imagens estão reservados.

Ó 2002 - 2003 Franclim Ferreira.

Seguir para a subsecção seguinte

Voltar ao índice da secção Classe: Aves

Voltar ao índice da secção Filatelia

Entrada | Currículo | Ensino | I&D | Gostos | Ligações

Voltar ao topo