Aplicação do BIM ao projeto de redes prediais de abastecimento de água - Desenvolvimento de ferramentas de auxílio à modelação virtual

Da wiki WIQI GEQUALTEC
Ir para: navegação, pesquisa

Texto Integral PDF

Tese de mestrado integrado de Alexandre Portugal, 2018

Orientada por João Poças Martins, Coorientadada por Jorge Rocha

Resumo

A tecnologia tende a tornar-se parte integrante na indústria da construção, havendo já algum uso por parte dos intervenientes desta área. Com a integração da tecnologia, o conceito do BIM, Building Information Modelling, tem vindo a crescer, sendo já implementado, e até legislado em alguns países. As diferenças entre o método tradicional e o BIM são notáveis, sendo que as formas de construção, em projeto, sofrem alterações ao longo do processo construtivo.

A produtividade e a qualidade são indicadores significativos aquando da avaliação de um projeto. Sendo o projeto de uma rede predial de abastecimento de água complexo, devido às reduzidas dimensões dos elementos usados em obra e à sua elevada extensão, os erros tendem a aparecer. Como forma de reduzir e otimizar os custos e tempos previstos para a realização de uma obra, são necessárias fazer várias verificações às peças desenhadas produzidas. Utilizando o BIM desde o início do pensamento da rede predial de abastecimento de água, a coordenação necessária e os erros tornam-se, respetivamente, fluída e reduzidos.

Entender o conceito do BIM e como este consegue ser integrado na especialidade de instalações hidráulicas é um passo importante a tomar, sendo uma das especialidades que não se encontra desenvolvida de uma forma extensa, atrasando a sua implementação. Usando dois programas que se encaixam neste conceito, o Revit e o Dynamo, os quais têm uma conexão constante, pode-se entender as potencialidades que já existem, e até mesmo aumentá-las.

A automatização de processos e a criação de rotinas é um dos focos principais desta dissertação. A modelação é uma das fases necessárias usando o BIM, e também a fase onde os erros podem ocorrer e ser detetados. Usando um software de programação visual pretende-se simplificar a construção do modelo virtual.

Palavras Chave

BIM, Rede predial de abastecimento de água, Automatização, Dynamo, Modelação.

Abstract

The technology tends to become an integral part of the construction industry, existing already some usage by the players involved in the area. With the integration of the technology, the BIM, Building Information Modelling concept, has been increasing, being already implemented and even legislated in some countries. The differences between the traditional method and BIM are easily spotted as construction processes evolve and are constantly changing.

Productivity and quality are significant indicators when evaluating a project. Being the project of a building water supply system complex, due to the reduced dimensions of the elements used on site and their large extension, errors tend to appear. In order to reduce and enhance the time and costs predicted to the completion of the building construction, there are multiple verifications necessary in the produced design elements. Using BIM from the beginning of the whole process of the design of the building water supply system, the necessary coordination and errors become, respectively, fluid and reduced.

Understanding the concept of BIM and how this can be integrated in the hydraulic systems is an important step to take, since this is one of the Civil Engineering branches less developed, which delays its implementation. Using two softwares that fit this concept, Revit and Dynamo, both having incessant connection, with the existing potentialities understood, it's possible to increase them.

Process automation and routine creation is one of the main focuses of this dissertation. Modelling is one of the steps necessary using BIM, and also the step where errors may occur and be detected. Using a visual programing software its intended to simplify the construction of the virtual model.

Keywords

BIM, Water supply systems, Automation, Dynamo, Modeling.

Ligações