Desenvolvimento de Processos de Interação entre Tecnologia BIM e Equipamentos de Realidade Virtual e sua Aplicabilidade

Da wiki WIQI GEQUALTEC
Ir para: navegação, pesquisa

Texto Integral PDF

Tese de mestrado integrado de Fábio Dinis, 2016

Orientada por João Poças Martins

Resumo

A metodologia Building Information Modeling (BIM) representa uma evolução face ao método estabelecido na indústria AEC para coordenadar e desenvolver todos os processos relativos à construção. Todavia, a implementação do BIM não é adotada transversalmente por todos os intervenientes no ramo da Arquitetura e Engenharia Civil. Ainda existem barreiras, seja por razões economiscistas, resistência à mudança, etc., que dificultam a implementação desta nova metodologia de trabalho.

A Realidade Virtual (RV) poderá ser uma ferramenta relevante no que à interação diz respeito. Desta forma, através da potencialidade de imersão total num projeto e recorrendo de uma interface de uso natural, é possível, em primeira análise, colmatar a complexidade ou falta de experiência com BIM. Ou seja, a curva de aprendizagem poderia ser optimizada.

Durante a dissertação desenvolveram-se aplicações informáticas que permitem a um utilizador tirar partido das vantagens da Realidade Virtual como meio de comunicação, interação e simultâneamente exercer modificações no modelo BIM.

Primeiramente recorreu-se a um motor de jogo para importação de um modelo BIM. Neste programa iniciou-se a prova de conceito, onde alguns comandos do Unity estabelecem relação com operações executadas através de equipamento de RV. Neste sentido, foram selecionados e programados alguns comandos de interação, possibilitando o uso de RV para alteração em tempo real da geometria de alguns elementos de um projeto BIM.

Posteriormente desenvolveu.se um caso de estudo, onde através de uma experiência prática e preenchimento de um inquérito, se avaliou o grau de naturalidade de execução de cada um dos comandos produzidos. Através desta análise qualitativa pretendeu-se, embora de uma forma pouco representativa, avaliar a interface desenvolvida de um ponto de vista distinto de quem programa ou produz a plataforma.


Palavras Chave

interação, Realidade Virtual, BIM, motor de jogo, tecnologia da informação

Abstract

The Building Information Modeling (BIM) methodology represents an updgrade of the established method to manage all the construction processes related to the AEC industry. However, this new methodology is far from being accepted by all the participants in the Architecture or Civil Engineering fields. There are still some issues, either for economic reasons, resistance to change, etc., that make it difficult for the implementation of this new way of doing things.

Virtual Reality (VR) could be a relevant tool, concerning its interation capabilites. Therefore, the capacity of full immersion in a project, plus a natural user interface, could help to overcome the initial complexity or lack of experience with BIM. That is, the learning curve would be improved.

During this dissertation, computational applications were developed that enable the user to take part of the capabilities of VR as a mean of communication, interaction and as a way of making changes in the BIM model.

Initially a game engine was used to import a BIM project: in this program, the concept was initialized by linking some commands of Unity to VR equipment operations. Therefore, some functions were programmed to allow the use of VR in real time in order to handle the geometry of some BIM elements.

Then a case study was made, being it evaluated through a practical experience and filling out of a survey related to the degree of “naturalness” of execution of each of the produced commands. Although unrepresentative, the analysis of this case study allowed the analysis of the interface from a distinct point of view compared with whom produced the platform.


Keywords

interaction, Virtual Reality, BIM, game engine, information technology

Referências Bibliográficas

Ligações internas

Ligações externas