Verificação Automática de Modelos com Recurso a Ferramentas BIM - Aplicação à Avaliação de Qualidade de Projetos de Edifícios de Habitação

Da wiki WIQI GEQUALTEC
Ir para: navegação, pesquisa

Tese de mestrado integrado de Ricardo Moço, 2015 Texto Integral PDF

Orientada por João Poças Martins

Resumo

A recente introdução do conceito de BIM (Building Information Modeling) permitiu um novo olhar sobre os atuais processos construtivos. Os imediatos benefícios retirados da utilização desta ferramenta ao nível da interoperabilidade, criação de vistas, identificação de erros e omissões, deteção de incompatibilidades e, sobretudo, da automatização dos processos, levaram a crescente aderência por parte da indústria AEC, assim como a sua extensão a todas as fases do processo construtivo.

Atualmente, as ocorrências de não-qualidade em edifícios, cuja causa original remonta às fases de projeto, assumem amplitudes consideráveis – cerca de um terço a metade dos custos totais de reparação de todas as deficiências construtivas detetadas. Tal fato, somado às atuais exigências do mercado, tornam a verificação de qualidade de projetos numa tarefa essencial. No entanto, na generalidade dos projetos, não é frequente a aplicação prática de um guia que apoie o projetista nas inúmeras decisões que definam a respetiva qualidade do projeto.

Atendendo aos factos, encontrou-se na avaliação da qualidade de projetos uma oportunidade para a automatização dos processos. A disponibilidade de uma ferramenta para verificação automática da qualidade de projetos apresenta-se como uma oportunidade para quem adote BIM individualmente. Para além de resultar num processo de verificação mais rápido e desmaterializado, a opção por métodos automáticos permite que os projetistas possam efetuar verificações parciais de conformidade, durante o processo de elaboração dos projetos. Assim, a verificação automática deixa de se limitar à substituição de um processo administrativo, para se tornar numa ferramenta de apoio à decisão durante a fase de projeto.

Neste contexto, o presente trabalho tem como objetivo a criação de uma rotina de verificação automática de um método de avaliação de qualidade de projetos. Dispondo do modelo IFC, como intermediário para a troca de dados entre o software usado para a preparação do modelo e aplicação usada para a verificação automática, é levado a cabo um conjunto de processos, que vão desde a interpretação do método escolhido até à análise de resultados da verificação automática, para a criação de uma ferramenta de submissão do modelo de verificação de qualidade. O software escolhido para o desenvolvimento desta ferramenta foi o Solibri Model Checker, dado ser a única aplicação de acesso público para a verificação de conformidade de um modelo IFC. Por último, é realizado um balanço ao atual estado do processo, de maneira a poder-se inferir sobre as possíveis melhorias.

Palavras Chave

Verificação Automática de Regras, BIM, IFC, Solibri Model Checker, Qualidade de Projetos.

Abstract

The recent introduction of the concept of BIM (Building Information Modeling) has allowed a fresh new look on current construction processes. The immediate benefits driven by the use of this tool in terms of interoperability, creating views, clash detection and, above all, process automation, has led to the increase of the use of this technology by the AEC industry, as well as its extension to all stages of the construction process. Currently, the problems caused by the lack of quality of buildings, which has its roots in the early stages of the project, are particularly relevant – about a third to a half of the total costs of the building maintenance. This, added to the current market requirements, makes the project quality check an essential task to the process. However, in most of projects, it is not usual for the designer to have a quality guide, at his disposal, to support the numerous decisions in the design process.

Given these facts, quality control is a task that has been found to be suitable for automation. The availability of a tool to automatically check the quality of a building design is a great opportunity, as well as an incentive, to those who adopt BIM individually. The automation of the processes not only allow the designers to perform partial compliance-checks, during project phase, but also faster and dematerialized checking processes. Thus, automated checking is no longer limited to the replacement of an administrative process, to become a decision support tool during the design phase.

In this context, this dissertation aims to set up a routine method for evaluating the quality of building designs. Providing the IFC model as an intermediate to exchange data between the software used to prepare the model and the software used for quality control, a series of processes are carried out,that goes from the rule interpretation to the rule check reporting, to create a tool for submitting the model for quality control. Solibri Model Checker was the chosen software to develop this tool, since it is the only public access application that performs compliance-check upon IFC models. To conclude, a final balance to the actual status of the process is performed, so it can be possible to draw conclusions for further improvements.

Keywords

Automated rule-checking, BIM, IFC, Solibri Model Checker, Designs quality.

Referências Bibliográficas

Ligações internas

Ligações externas