Para além de uma grande quantidade de resíduos equiparados aos urbanos, a FEUP produz nas suas atividades laboratoriais de ensino e investigação uma quantidade considerável de resíduos de tipologias muito variadas, sendo muitos deles resíduos perigosos suscetíveis de causar danos ao ambiente ou à saúde pública. A responsabilidade pela gestão destes resíduos cabe legalmente à instituição, mas é também e principalmente na perspetiva da sustentabilidade, da responsabilidade social, e da formação/educação dos seus estudantes que a FEUP tem investido nos últimos 20 anos na promoção da correta gestão de resíduos.

No que se refere às opções de gestão de resíduos, deve ser dada prioridade à prevenção e redução, e a FEUP e o Comissariado para a Sustentabilidade têm promovido algumas iniciativas neste sentido. São exemplos de medidas que visam a prevenção e redução da produção de resíduos:

  • a promoção da utilização de garrafas de água reutilizáveis, através da distribuição de garrafas aos alunos do primeiro ano;
  • a promoção do uso de copos de café reutilizáveis nas máquinas de vending disponibilizando em cada máquina a opção sem copo, com um custo inferior, e a venda de copos reutilizáveis na loja FEUP;
  • a não utilização de produtos descartáveis nos eventos;
  • a utilização de impressoras em rede para múltiplos utilizadores;
  • Organização, em parceria com a Lipor, de eventos Repair Café, cujo objetivo é dar uma segunda vida aos equipamentos danificados.

Com vista a possibilitar a reutilização, a reciclagem, outros tipos de valorização, o tratamento específico ou a eliminação adequada, é fundamental existir uma correta triagem e deposição seletiva, de forma a manter o fluxo de resíduos separados por tipo e natureza. Assim, a FEUP:

  • dispõe de vários ecopontos no interior dos edifícios colocados em diversos locais, para separação dos resíduos urbanos recicláveis – papel, embalagens de plástico e metal, e vidro – assim como contentores específicos para depositar pilhas, tinteiros e toners;
  • promove a recolha de papel nos postos de trabalho, através de caixas de cartão feitas à medida, específicas para a recolha do papel;
  • promove as boas práticas de tratamento dos resíduos laboratoriais, efetuando recolhas trimestrais e o encaminhamento adequado dos resíduos por empresas autorizadas pelo Ministério do Ambiente;
  • promove a recolha de resíduos elétricos e eletrónicos (REEE) e de óleos alimentares usados na sua comunidade, disponibilizando contentores para o efeito no ecoponto;
  • assegura a segregação dos seus resíduos não urbanos, encaminhando-os adequadamente através de operadores de gestão de resíduos não urbanos autorizados pelo Ministério do Ambiente;
  • dispõe de um ecoponto e de um armazém para deposição temporária de resíduos, antes do encaminhamento final.

A FEUP está inscrita no Sistema Integrado de Registo Eletrónico de Resíduos (SIRER), suportado através da plataforma SILiAmb, onde preenche e submete anualmente o Mapa Integrado de Registo de Resíduos (MIRR).

Anualmente a FEUP produz cerca de 2870 m3 de resíduos urbanos[1] que são recolhidos pelos serviços municipais – resíduos indiferenciados e frações seletivas encaminhadas para reciclagem: embalagens de papel/cartão, embalagens de plástico/metal, e vidro. Os restantes resíduos perfazem cerca de 83 toneladas, em 33 categorias[2]:

Resíduo LER[3] Quantidade (ton)
Óleos de motores, transmissões e lubrificação 130208* 0,630
Solventes e misturas de solventes halogenados 140602* 0,084
Solventes e misturas de solventes 140603* 0,409
Embalagens de papel e cartão 150101 0,080
Embalagens plástico 150102 0,020
Embalagens de madeira 150103 0,590
Embalagens compósitas 150105 0,760
Embalagens contaminadas por substâncias perigosas 150110* 0,224
Embalagens de metal, incluindo recipientes vazios sob pressão 150111* 0,070
Absorventes e materiais filtrantes contaminados por substâncias perigosas 150202* 0,100
Filtros de óleo 160107* 0,002
Plástico 160119 0,460
Equipamento fora de uso contendo clorofluorcarbonetos, HCFC, HFC (REEE contendo clorofluorcarbonetos) 160211* 0,236
Equipamento fora de uso, contendo componentes perigosos (REEE perigosos) 160213* 1,975
Equipamento fora de uso (REEE) 160214 7,805
Produtos químicos de laboratório, contendo ou compostos por substâncias perigosas, incluindo misturas de produtos químicos de laboratório 160506* 2,477
Produtos químicos inorgânicos fora de uso, contendo ou compostos por substâncias perigosas 160507* 1,765
Betão 170101 15,650
Misturas de betão, tijolos, ladrilhos, telhas e materiais cerâmicos 170107 20,800
Materiais de isolamento 170604 0,240
Resíduos cujas recolha e eliminação estão sujeitas a requisitos específicos com vista à prevenção de infeções 180202* 0,011
Misturas de resíduos, contendo apenas resíduos não perigosos 190203 0,019
Papel e cartão 200101 4,350
Vidro 200102 0,030
Resíduos contendo pesticidas 200119* 0,141
Lâmpadas fluorescentes e outros resíduos contendo mercúrio 200121* 0,261
Óleos e gorduras alimentares 200125 5,000
Pilhas e acumuladores 200133* 0,014
Plásticos 200139 0,150
Metais 200140 2,786
Resíduos biodegradáveis 200201 13,680
Misturas de resíduos urbanos equiparados 200301 0,420
Monstros 200307 2,070

 

 

[1] Valor estimado

[2] Dados do MIRR de 2019

[3] Código da Lista Europeia de Resíduos

  • Planeie os seus trabalhos de forma a evitar/reduzir a produção de resíduos.
  • Nas máquinas de vending, use um copo de café reutilizável.
  • Use garrafa de água reutilizável.
  • Deposite os resíduos nos locais apropriados.
  • Promova a separação de resíduos e deposite-os corretamente nos ecopontos.
  • Antes de imprimir qualquer documento ou informação,
    1. questione se é estritamente necessária essa impressão;
    2. pondere a necessidade de imprimir o documento na sua totalidade;
    3. questione se existe necessidade de dispor do documento a cores ou se basta a preto e branco (ou tons de cinza);
    4. promova a impressão com duas ou mais páginas por página de impressão, no caso de documentos com elementos gráficos ou de texto com dimensões ou fontes grandes (por exemplo, slides de apresentações);
    5. verifique se é o documento correto, a versão correta e se o formato de impressão está correto e conforme pretendido, utilizando a pré-visualização da impressão.
  • Ao formatar documentos para impressão:
    1. evite usar fundos escuros com letras claras;
    2. Pondere a necessidade das fotografias;
    3. Disponha de versões predefinidas a preto e branco (ou tons de cinza) de logótipos e heráldica nos documentos;
    4. Garanta uma boa e equilibrada área de impressão por forma a reduzir o consumo de papel ao estritamente necessário;
    5. Use fontes que reduzam o consumo de cartuchos ou tinteiros (por exemplo, fontes com pixéis em branco mantendo a sua legibilidade).
  • Configure as predefinições de impressão, usando:
    1. Como «impressora predefinida» impressoras de rede com maior capacidade;
    2. Impressão em frente e verso;
    3. Impressão a preto e branco.

A separação correta dos resíduos é essencial para uma reciclagem eficiente. A título de exemplo, consulte no site da Sociedade Ponto Verde as regras de separação dos seus resíduos, bem como algumas dicas para reciclar.